segunda-feira, 19 de abril de 2010

Hoje Apeteceu-me Incendiar as Ideias com Madeira Clara


Os três argumentos contra a pena de morte:

1 - se matamos alguém por este ter morto alguém, então também nós deveríamos ser mortos e, consequentemente, o mesmo teria de ser feito a quem nos matou e assim sucessivamente (o que convinhamos, não era muito viável, haveriam órfãos, e baixas taxas de população activa e crise no sistema da segurança social, etc)

2 - o facto de a vida ser um direito ilanienável impede que alguém, considerado entidade justa e suprema a possa findar, assim não nos caberá, jamais, a nós, humanos, cidadãos no mesmo pé de igualdade, julgar sobre a vida de outrém

3 - enquanto que numa pena em prisão, caso mais tarde se prove a inocência de um condenado, este pode ser liberto, o mesmo não sucede se o mesmo for morto (a não ser que consiga ressuscitar, o que não sendo eu de intrigas, me parece pouco provável)


Assim sendo, não se pode punir um crime com outro crime e mais, por mais repressivos que possam ser os sistemas judiciais (que tendem muitas vezes a falhar), não impedem que os crimes continuem a ser praticados, temos o caso dos EUA. A redução da criminalidade é reduzida através da educação e da transmissão de valores que incutam a consciência do outro como um ser igual a nós.

3 comentários:

Missy_FLORescente disse...

é isso mesmo! revolta-te senhora insecta! fazemos greve de fome frente ao parlamente americano xD

Sierana disse...

Descobriste-me, descobri-te (: que palavras tão coloridas e bonitas que pintas aqui!

Vânia Pereira disse...

Olá

Passa no meu blog e diz o que achas.

Não gostavas de te inscrever gratuitamente, sem nenhum compromisso e ter descontos em todos os produtos? Ou até vender?

Diz algo pf.

beijo